Google pode decretar o fim de milhões de pequenas empresas amanhã

Empresa fará uma atualização no seu algoritmo que vai mudar a ordem em que os sites são classificados

Na terça-feira, 21 de abril, o Google fará uma grande atualização no seu algoritmo de busca móvel que vai mudar a ordem em que os sites são classificados quando os usuários executam pesquisas a partir de smartphones ou tablets A afirmação é do site Business Insider, um dos mais respeitados dos Estados Unidos.

O algoritmo vai selecionar os sites que serão exibidos a partir da sua interface amigável para dispositivos móveis. Dentre os fatores que serão considerados estão o tamanho dos textos, a facilidade de aceso a links e cliques, e o redimensionamento do site para se adaptar a telas menores. Sites que não são adaptados para versões móveis serão rebaixados nos resultados de pesquisa e podem desaparecer.

[Últimos dias]
Curso STARTUP DE A a Z - Construindo Negócios CampeõesQuero participar!

Tem uma STARTUP e precisa de AJUDA? Cadastre-se no StartSe e fale com milhares de investidores, mentores e aceleradoras. Acesse www.startse.com.br. É gratuito.

Cerca de 60% do tráfego na internet agora vem de dispositivos móveis e o Google quer que os usuários tenham uma boa experiência sempre que clicar em um link móvel.

A empresa  anunciou essas medidas em fevereiro, dando webmasters quase dois meses e muita informação para fazer as mudanças necessárias para manter seus sites nos resultados das pesquisa móveis. Mas mesmo assim espera-se que a atualização cause um grande reboliço. O resultado pode ser apocalíptico para milhões de sites de pequenas empresas e de pessoas que vendem produtos ou oferecem serviços na internet, afirma Itai Sadan, CEO da empresa de construção de website Duda.

“Eu acho que as pessoas que estão em risco são aquelas que não sabem sobre isso”,  diz Sadan. Para ele, isso significa que a maioria das pequenas empresas será afetada.

“No dia 21 de abril as pequenas empresas serão surpreendidas porque o número de visitantes dos seus sites cairá significativamente. Isto vai afetar milhões de sites na web”, diz ele.

Empresas que precisam ser encontradas por pessoas através de pesquisa localizada – como, se alguém digitou “lojas de café em Gramado,” no Google a partir do seu telefone – pode ver uma diminuição no tráfego, como resultado dessa atualização, completa Sadan.

“A mágica do Google sempre foi construída em cima da relevância, e o conteúdo é o mago por traz disso tudo”, diz ele. “Mas esse conceito está mudando. Sim, eles estão dizendo que o conteúdo ainda é extremamente importante, mas a experiência do usuário é tão importante quanto. Não é suficiente ter todo o conteúdo certo se as pessoas vêm para o seu site e não conseguem lê-lo.”

Mas não são apenas as pequenas empresas que vão ser afetados pelo novo algoritmo do Google. A empresa de marketing Somo divulgou um estudo na semana passada em que descobriu que um grupo de grandes marcas , como a American Apparel, The Daily Mail e Ryanair, também serão punidas quando a mudança ocorrer, a menos que eles atualizem seus sites e o façam antes do dia 21 de abril.




StartSe no Facebook:

Sobre o Autor

Co-fundador do StartSe, melhor plataforma para conexão de startups a mentores e investidores e co-criador da webserie Foras de Série. Empreendedor há mais de 10 anos e investidor-anjo. Autor do e-book “Investimento-Anjo: manual básico para investidores e empreendedores”. Escreve diariamente para o InfoMoney. https://www.facebook.com/jrborneli - startse@startse.com.br

A melhor plataforma para a conexão de
startups a mentores e investidores
Cadastre sua Startup